Sinais

Há sinais que nos proíbem de ir nos sentidos à vista, que são, muitas das vezes, aqueles que nós queremos como futuro. Existem rumos que mesmo não sendo, os mais desejados, guiam-nos para estradas mais distantes, onde podemos ser realmente contentes. É tudo tão certo e irreversível, quando menos esperamos… eu até gostava de correr o mundo inteiro, independentemente, do meu estado, no fim.

Deve ser altamente diferente, daquilo que pensamos com a ajuda de fotografias ou documentários. Ir à descoberta de outras culturas, por sua vez, diferentes da nossa, conhecermos novas pessoas, atravessarmos diversos caminhos, deve ser fascinante!

Se houvesse pedras ou o terreno foi acidentado em demasia, escolheria outro trilho, que me levasse ao mesmo destino. Não haveria qualquer problema, afinal existem vários tipos de saídas, que têm como destino, o contentamento geral.

Aquela adrenalina que desperta a aventura faz-nos ser mais livres.

1 comentários:

# Gabriela disse...

"Existem rumos que mesmo não sendo, os mais desejados, guiam-nos para estradas mais distantes, onde podemos ser realmente contentes." - conheço muita gente a pensar assim, eu não consigo. não me consigo contentar com o que me aparece no caminho, ambiciono sempre outras coisas de mais bom-gosto para mim, demais para conseguir resistir, não lutar por elas.

quanto à adrenalina, é a mais bela hormona que podíamos possuir :PP

 
Designed by Lena