Tudo isto é dispensável.

Falsidades caracterizadas como omissas, podem estar perfeitamente à nossa frente, sem darmos conta. Por mais tempo que estas levem a perdurar no silêncio, o trabalho sujo é sempre detectado e absorvido com eficácia, tal e qual como o algodão. No fim, as paredes que enjaulavam a traição, são descobertas e ficamos com a mentira, que alguns já procuravam, além dos nossos olhos, nua e crua.
O que contrasta com a verdade, pode também ser evitado, se não levarmos a ingenuidade ao exagero e se a cegueira não atacar, como um vicio ou mais uma obsessão.
Na tábua em que passo a mão, encontro brandamente, falhas em que o mais provável, é magoar-me. Claramente que este meu membro, não apanha todas essas imperfeições, numa única passagem. Na segunda oportunidade tenho o privilégio de encontrar ainda mais falta de primor, o que me desilude e com razão. Onde vivemos, acontece o mesmo, quando alguém próximo, quebra perante nós.
E mesmo com a raiva e o rancor que retemos, há que seguir em frente e saber perdoar, como alguém nos ensinou. Tudo isto, porque fora das quimeras, todos sabemos que os dias, não são pintados na perfeição, como de inicio esperávamos ou imaginávamos.

“True perfection has to be imperfect”




3 comentários:

incógnita disse...

A perfeição não é algo assim tao bom ..
Miminho para ti no meu blog =)

Rita da Maçaroca disse...

Claro que as nossas vidas nunca serão perfeitas. Mas deixar de tentar que o sejam e de perseguir os nossos sonhos, seria um grande erro (a meu ver...). "O sonho comanda a vida" e eu que nao sou muito de frases feitas, rendo-me a esta :)

Beijinhos*

Rita da Maçaroca disse...

Nao devem ser as frases a guiarem-te mas sim o que desejas. Por muitos obstaculos que tenhas de ultrapassar, ignora as traiçoes, os desgostos e parte. "A vida tem valor e tu tens valor diante da vida"... basta procurares...

Beijinho :)*

 
Designed by Lena