peripécias das 8h10

E se algum dia vos passasse à frente um episódio meio que atribulado à beira de uma estrada com dois rebentos ou melhor rebentas de uns pais perdidos nesta vasta cidade que é Coimbra? O que fariam?
E mais…
Se esses dois seres, se é que assim se podem chamar, saltassem de um lanço de dois degraus e se esbarrassem no meio do caminho cheio daquele sentimento que se chama amizade?
Pareciam elas que não se viam há cerca de mais ou menos três meses e meio (o meio faz toda a diferença) quando afinal só tinham passado três dias. Até aqui tudo normal, não é da admiração do mundo que ali circulava, até que um dos rebentos que não se encontrava no abraço num rasgo de inteligência e sabedoria afirma com alguma indignação “Epá parem! Parece que estão a fazer sexo a duas!”.
Ok, eu não sei se é só de mim, mas houve ali qualquer coisa que não soou bem… Sexo a duas? Sexo a duas? Mas onde raio é que este jovem foi buscar tal coisa? Na escola? Nos corredores onde tropeça a cada três passos? Sim, já tive o prazer de verificar que tropeça. Não tem equilíbrio.
Pergunto-me agora o que ele quereria dizer com “Parece que estão a fazer sexo a duas!”. Insinuaria talvez, uma suposta relação lesbiana? Ou uma relação hetero?
Nunca saberemos a realidade do pensamento do miúdo, que saliento ter apenas 12 anos. Inicio da puberdade, inicio da estupidez.
A verdade é que nunca este tema fez parte dos textos aqui transcritos, mas não poderíamos deixar isto passar em branco.

1 comentários:

Danii disse...

Gostei do teu blog, estou a seguir :)

 
Designed by Lena